Além das opções de licenciamento baseadas nas editions disponíveis (Standard e Enterprise), nas formas (por Core ou Server + CAL), ou até mesmo em relação ao ambiente (ambiente virtualizado ou containers), além das diversas opções disponíveis de acordo com a necessidade dos usuários. Há também opções adicionais para melhorar a sua plataforma de dados, prevenir desastres e atender a necessidades específicas.

Licenciamento do Big Data Cluster do SQL Server 2019

Big Data Clusters do SQL Server 2019 facilitam o gerenciamento de um ambiente de big data. Ele fornece os principais elementos de um data lake – sistema de arquivos distribuídos (HDFS), Spark e ferramentas de análise do Hadoop – profundamente integrados ao SQL Server e totalmente suportados pela Microsoft. Para licenciar o Big Data Cluster do SQL Server 2019, dois componentes devem ser licenciados:

  • SQL Server Master Instance – O servidor ou OSE executando a instância principal do SQL Server deve receber um número apropriado de licenças principais do SQL Server 2019 Enterprise ou Standard Edition. Os núcleos também devem ser cobertos com SA ou equivalente de assinatura para poder implantar o Big Data Cluster. O número de licenças principais necessárias dependerá se o licenciamento for por servidor físico ou os OSEs (ambientes virtuais do sistema operacional).
  • SQL Server Big Data Nodes – O servidor ou OSE usado para os Big Data Nodes do SQL Server deve ser licenciado usando os núcleos do Big Data Node do SQL Server. Os núcleos do nó Big Data podem ser adquiridos como assinaturas em pacotes de 2 núcleos e têm preços diferentes das licenças do SQL Server Enterprise ou Standard. A Instância principal do SQL Server deve ser coberta com SA ou equivalente de assinatura para poder implantar nós de big data.

Vale destacar que as licenças do SQL Server Server/CAL não podem ser usadas para a Instância principal do Big Data Cluster do SQL Server 2019.

Qualquer componente do SQL Server implantado no Big Data Cluster usando o Application Deployment (por exemplo, edições do SQL Server Standard, SQL Server Analysis Service ou servidor de Machine Learning) deve ser licenciado com base na edição correspondente do SQL Server e nas regras de licenciamento de componentes.

Cluster de Big Data do SQL Server no Azure

Os Clusters de Big Data do SQL Server 2019 também podem ser implantados no Azure usando o Serviço de Kubernetes do Azure (AKS). O AKS simplifica a criação, configuração e gerenciamento de um cluster de máquinas virtuais pré-configuradas com um cluster Kubernetes para executar aplicativos em contêiner. A licença principal do nó SQL Server Enterprise/Standard por núcleo e Big Data pode ser usada no Azure usando a mobilidade de licenças. O uso de Clusters de Big Data do SQL Server no Azure também fornece o direito de SA principal do nó Big Data gratuito quando a instância principal do SQL Server é coberta por SA ou equivalente de assinatura.

Licenciando componentes do SQL Server 2019

O SQL Server inclui uma variedade de componentes de servidor licenciados, incluindo o SQL Server Database Engine (DB), o SQL Server Machine Learning Services, o Machine Learning Server Standalone, o Master Data Services (MDS), o Analysis Services (AS), Integration Services (IS), Reporting Services (RS) e Data Quality Services (DQS).

Além disso, são fornecidos vários componentes de gerenciamento, como aplicativos clientes e ferramentas usadas para criar ou trabalhar com dados analíticos.

Os componentes de software de uma única licença do SQL Server 2019 não podem ser separados. Qualquer OSE executando qualquer um dos componentes licenciados do SQL Server 2019 exige uma licença. Por exemplo, se o SQL Server DB for implantado em um OSE e o SQL Server RS ​​for implantado em outro, os dois OSEs deverão ser totalmente licenciados para o SQL Server 2019 de acordo.

As ferramentas de gerenciamento e outros softwares identificados como software adicional ou suplementar, geralmente podem ser distribuídos e executados em qualquer número de dispositivos para uso com uma instância licenciada do software SQL Server.

SQL Server para recuperação de desastres

O SQL Server pode ser configurado para que, se um servidor falhar, seu processamento seja continuado por outro servidor. Sendo exemplos:

  • Log Shipping
  • Always On SQL Fail-Over Cluster Instances
  • Always On Availability Groups

SQL Server Azure Hybrid Benefit

SQL Server Azure Hybrid Benefit é um benefício baseado no Azure que permite o uso de licenças do SQL Server com Software Assurance ou licenças de assinatura qualificadas para pagar uma taxa reduzida nas opções baseadas no SQL Database vCore, como Managed Instance , vCore-based Single Database e vCore-based Elastic Pool; no SQL Server em Máquinas Virtuais do Azure (incluindo, entre outros, Host Dedicado do Azure); e no SQL Server Integration Services.

Para cada núcleo de uma licença principal qualificada do SQL Server Enterprise, é possível usar:

  • 1 núcleo do banco de dados SQL do Azure (Managed Instance, Elastic Pool and Single Database) – essencial para os negócios
  • 1 núcleo do Azure Data Factory e SQL Server Integration Services (Standard)
  • Ou 1 core do SQL Server Enterprise Virtual Machines
  • 4 cores do Azure SQL Database (Managed Instance, Elastic Pool and Single Database) – General Purpose

Para cada Core de um SQL Server Standard qualificado em licença core, é possível usar:

  • 1 core do Azure SQL Database (Managed Instance, Elastic Pool and Single Database) – General Purpose
  • 1 core do Azure Data Factory SQL Server Integration Services (Standard)
  • 1 core do SQL Server Standard Virtual Machines

Azure Hybrid Benefit também fornece 180 dias de direitos de uso duplo para aplicar à implantação atual (local ou na nuvem de terceiros) e no Azure para permitir a migração de dados.

SQL Server para mobilidade de aplicativos

Mobilidade de licenças é um direito de uso disponível para todas as edições das licenças de software do SQL Server 2019 com cobertura ativa do Software Assurance (SA). Com esse benefício de SA, é possível reatribuir licenças do SQL Server para diferentes servidores em um farm de servidores sempre que necessário. Também é permitido reatribuir licenças para servidores compartilhados de terceiros. A Mobilidade de Licenças está disponível para licenças nos modelos de licença Per Core e Server + CAL.

Mobilidade de licenças para licenças do SQL Server sem SA

As licenças do SQL Server que não são cobertas pela SA ativa só podem ser reatribuídas para um servidor diferente em um farm de servidores uma vez a cada 90 dias e não podem ser reatribuídas para um host da web de terceiros ou uma nuvem não privada a qualquer momento. (No caso de falha permanente do hardware, o limite de reatribuição de 90 dias é dispensado.)

Mobilidade de licenças para licenças do SQL Server com SA dentro ou para outro farm de servidores

  • Todas as licenças do SQL Server com SA ativa podem ser reatribuídas para outro servidor no farm de servidores sempre que necessário, no entanto, eles só podem ser reatribuídos para outro servidor em outro farm de servidores ou para uma nuvem não privada, uma vez a cada 90 dias
  • Um farm de servidores pode consistir em até dois datacenters localizados em fusos horários dentro de quatro horas um do outro e/ou com a União Européia (UE) e/ou a Associação Europeia de Comércio Livre (EFTA)
  • Um determinado data center pode fazer parte apenas de um farm de servidores.
  • Os direitos de uso da Mobilidade de Licenças não se aplicam ao software PDW do SQL Server

A Mobilidade de Licenças pode beneficiar quem licenciou máquinas virtuais (VMs) ou contêineres individuais e, em seguida, deseja reatribuir essas licenças a diferentes servidores em um farm de servidores, à medida que as cargas de trabalho se movem dinamicamente, ou a VMs em ambientes em nuvem.

Importante: A Mobilidade de Licenças se aplica apenas à reatribuição de licenças de software e não é aplicável à reatribuição de instâncias em execução do software SQL Server.

Mobilidade de licenças por meio do Software Assurance para servidores compartilhados

Em Mobilidade de licenças por meio do Software Assurance (SA), é possível mover as licenças do SQL Server cobertas por SA para servidores compartilhados. Para usar a Mobilidade de Licenças por meio da SA, é necessário:

  • Executar o software licenciado e gerenciar seus OSEs em servidores compartilhados sob os termos do seu contrato de licenciamento por volume
  • Implantar licenças apenas com os Serviços do Microsoft Azure ou Mobilidade de Licenças qualificada por meio do Software Assurance Partner; e
  • Preencher e enviar o formulário Validação de mobilidade de licença com cada Mobilidade de licença por meio do Software Assurance Partner que executará seu software licenciado em seus servidores compartilhados

Licenciando o SQL Server em um ambiente de aplicativos multiplexados

Multiplexação:  uso de hardware ou software para agrupar conexões, redirecionar informações ou reduzir o número de dispositivos ou usuários que acessam ou usam diretamente o SQL Server. A multiplexação também pode incluir a redução do número de dispositivos ou usuários que o SQL Server gerencia diretamente.

Ao licenciar o SQL Server no modelo de licenciamento Server + CAL, os usuários e dispositivos que acessam indiretamente os dados do SQL Server através de outro aplicativo ou dispositivo de hardware ainda exigem CALs do SQL Server.

Pontos importantes:

  • A multiplexação não reduz o número de licenças da Microsoft necessárias. Os usuários precisam ter as licenças apropriadas, independentemente de sua conexão direta ou indireta com o SQL Server.
  • Qualquer usuário ou dispositivo que acesse o servidor, arquivos, dados ou conteúdo fornecido pelo servidor, disponibilizado por meio de um processo automatizado, requer uma CAL do SQL Server.
  • O número de camadas de hardware ou software entre o SQL Server e o usuário ou dispositivos que finalmente usam seus dados, serviços ou funcionalidade não afeta o número de CALs necessárias
  • A transferência manual de dados de funcionário para funcionário não requer a exigência de uma CAL para o funcionário receptor

As CALs do SQL Server são necessárias para usuários ou dispositivos que inserem, consultam ou visualizam dados diretamente de um banco de dados do SQL Server. Da mesma forma, as CALs do SQL Server são necessárias para usuários ou dispositivos que inserem dados, consultam ou visualizam dados de um banco de dados do SQL Server por meio de um dispositivo de pool (como um CRM Server). Isso inclui usuários que visualizam dados através de aplicativos baseados na Web ou inserem informações em um banco de dados através de um produto intermediário.

Quando os usuários enviam ativamente dados do SQL Server por email ou outra tecnologia de mensagens, os usuários destinatários não precisam de uma CAL do SQL Server. Com a multiplexação, essas regras não mudam. Da mesma forma, a distribuição de dados em papel não requer CALs do SQL Server para os destinatários do relatório em papel. Os usuários que recebem dados direta ou indiretamente do SQL Server exigem CALs, mas se esses usuários imprimem os dados, os usuários destinatários não precisam de uma CAL do SQL Server.

Agora que você já sabe tudo sobre licenciamento do SQL Server 2019, fale conosco para saber como podemos te ajudar a aperfeiçoar a sua coleta e tratamento de dados para obter os melhores insights para o seu negócio.