As aplicações do Power BI proporcionam muitas possibilidades interessantes na gestão por dados, como painéis personalizáveis, serviços de acordo com a demanda do cliente e acesso prático, graças à tecnologia de nuvem.

Além disso, o Power BI traz muitas ferramentas úteis que favorecem a produtividade em qualquer negócio. Sua empresa ganha em competitividade e decisões estratégicas são tomadas com maior precisão. Confira a seguir as seis principais vantagens que o software apresenta!

1. Integração com diversas fontes de dados

Uma análise de informações eficaz acontece quando os registros são extraídas de diversas fontes. Atualmente, cada vez mais softwares funcionam como banco de dados, e o Power BI consegue ser eficiente no momento de captar essas informações. Sua compatibilidade é alta e permite uma comunicação ampla.

O software oferece conexão via gateways para captar dados de fontes como SQL Server, Analytics, Salesforce, Mailchimp, Excel e de muitas outras ferramentas. Com volumes altos de dados, provenientes de várias fontes, o trabalho de análise é ainda mais preciso. Isso garante chances maiores de insights valiosos às empresas.

Todo esse material pode ser acessado e visualizado no mesmo dashboard, o que facilita o acesso a essas informações. Apesar das várias fontes, o usuário não precisa acessar outras interfaces. A integração é completa e traz os dados em apenas uma tela, o que fortalece muito o trabalho.

2. Infraestrutura na nuvem

A tecnologia de nuvem não é novidade para ninguém, muito menos as vantagens que ela proporciona. Esse é um grande destaque entre as aplicações do Power BI, que por conta disso ganha muito em mobilidade. O software pode ser acessado a qualquer momento e em qualquer lugar, tendo em vista que os dados estão remotos.

Toda alteração em dados e edições atualiza as informações automaticamente. Por isso, independentemente de onde o acesso é feito, todas as informações são precisas. Você pode acessar de qualquer lugar e obter as informações em tempo real.

Essa funcionalidade abre também a possibilidade do uso do software em dispositivos móveis, como o smartphone e o tablet. Por meio deles, é possível operar normalmente na ferramenta. Dados podem ser acessados, relatórios gerados e o dashboard pode ser editado em qualquer nível.

3. Self-service para análises específicas

O self-service BI é uma função que permite personalizar o acompanhamento de dados e indicadores específicos e mais importantes para cada usuário. Tudo é feito diante das necessidades de quem usa a ferramenta

Com essa funcionalidade, o próprio usuário do Power BI tem a liberdade de manipular os dados da maneira que preferir. Assim, ele pode construir dashboards totalmente personalizados e ter na tela do seu computador o que é relevante para a sua atuação.

Essa possibilidade torna a gestão mais precisa, uma vez que cada negócio tem necessidades diferentes que se refletem no uso das informações. O self-service BI dá autonomia aos colaboradores, de modo que eles não precisam do TI para ter acesso a todos os dados que são importantes para o seu trabalho.

Por exemplo. suponha que você queira saber a faixa etária das pessoas que compraram no seu e-commerce no último mês. Além disso, você também quer saber, por idade, quais produtos foram comprados. O Power BI possibilita que você tenha acesso a esses dados e monte seu dashboard com as devidas informações específicas.

4. Tabelas e gráficos dinâmicos

Novas informações estão em constante entrada nas principais fontes que o Power BI utiliza. Elas são a base das tabelas e dos gráficos usados nas análises. A cada novo registro, é importante que essas representações se atualizem, porém, imagine se isso tivesse que ser feito manualmente?

A produtividade da empresa certamente seria prejudicada nesse caso, no entanto, o Power BI realiza essa ação de forma automática. Gráficos e tabelas são dinâmicas, ou seja, elas atualizam por conta própria, quando novas informações são detectadas. Esse recurso favorece muito a força de trabalho das empresas.

Com essa ferramenta, questões simplesmente operacionais não tomam tempo dos colaboradores. Toda dedicação é direcionada a demandas estratégicas, especialmente as de análise. Os dashboards com os indicadores e resultados também se mantêm úteis por bastante tempo. Isso é possível, pois as informações atualizam automaticamente.

5. Dashboards customizáveis

Dashboards eficientes nunca serão compostos apenas de informações e números soltos, já que isso tornaria a leitura e a análise muito confusas. Entretanto, a visualização também depende do que o usuário precisa naquele momento. Determinados indicadores e métricas são mais interessantes do que outros.

Poder selecionar o que vai aparecer no dashboard é uma ótima funcionalidade que o software oferece. No Power BI, as interfaces podem ser alteradas da forma que o usuário preferir. Assim, sua tela tem os indicadores, gráficos e os resultados mais importantes para o seu trabalho.

Na prática, reunir tudo em um só local, da maneira que quiser, traz muita facilidade operacional e produtividade. Esses dashboards são criados de maneira muito rápida, pois o próprio Power BI já sugere modelos prontos. A partir deles o usuário faz as alterações que preferir.

6. Baixo custo de aquisição

O custo é sempre uma questão importante quando uma nova solução é buscada pelas empresas. O Power BI entrega uma plataforma de Business Intelligence completa, que não pesa no orçamento do negócio. Nesse cenário, ela proporciona uma relação custo-benefício interessante entre os softwares de geração de insights, principalmente no momento de aquisição.

É importante também comparar os preços com seus principais concorrentes do mercado. O Power BI é financeiramente mais interessante do que o Tableau, por exemplo. Ainda assim, a plataforma é referência no segmento e é desenvolvida pela gigante Microsoft.

O reconhecimento de mercado comprova o quanto o Power BI é uma das melhores ferramentas do mercado. Uma grande prova é o Quadrante Mágico 2018, apontamento anual que a consultoria Gartner realiza e que colocou o Power BI como uma das melhores ferramentas do segmento.

Aplicação variada

A relação custo-benefício do Power BI fica ainda mais interessante ao avaliar a amplitude de possibilidades que o sistema entrega. Ele não se limita apenas a projetos de Businesse Intelligence. Suas funcionalidades também se estendem a aplicações de IoT e de Machine Learning, por exemplo.

É importante contar com um fornecedor qualificado para aproveitar todos os recursos desse software. Uma empresa competente é capaz de proporcionar o uso das aplicações do Power BI da melhor forma. Só assim o seu negócio consegue resultados estratégicos por meio da análise de dados.

Este conteúdo ajudou você a entender melhor sobre o assunto? Quer saber mais? Clique aqui ou fale com um dos nossos especialistas agora mesmo!