O uso de soluções de BI na indústria farmacêutica é de grande ajuda para que as empresas do setor consigam grandes resultados. Com a tecnologia, segmentar melhor os clientes, entender as perspectivas do mercado e maximizar os resultados do negócio, tomando decisões informadas por insights, fica mais fácil.

Encontrar estratégias e oportunidades para promover a marca com ações de marketing exclusivas é algo que o BI pode fazer pela indústria farmacêutica. Chegar aos consumidores no momento em que precisam e com o produto que esperam é outra das vantagens de aplicar essa solução nesse tipo de negócio.

Neste artigo, vamos mostrar por que isso é tão interessante para empresas da área, como o uso da solução funciona dentro desse tipo de organização e quais benefícios você pode obter com Business Intelligence. Confira!

Por que investir em soluções de BI na indústria farmacêutica?

O sucesso de um produto, seja ele um remédio, seja um novo tratamento, está condicionado à entrega da mensagem certa para quem consegue promovê-lo entre os consumidores finais. Para fazer isso, as empresas sempre procuraram informar seus departamentos de Marketing com dados, a fim de ajudá-los a entender melhor o perfil do consumidor.

Afinal, discernir quais profissionais estarão mais propensos a adotar uma solução e prescrevê-la para os pacientes faz com que a sua empresa não precise passar tanto tempo tentando convencê-los a mudar de marca ou a experimentar um lançamento.

Business Intelligence é um grande parceiro dos negócios ao fazer exatamente isso. Aplicando informações sobre demografia, psicologia, comportamento e perfil de consumo dos clientes que a marca pretende captar, ele aponta caminhos para que a indústria farmacêutica alcance os melhores resultados.

Como funciona o Business Intelligence na indústria farmacêutica?

Nessa indústria, em particular, as soluções de Business Intelligence são utilizadas para aumentar as taxas de sucesso na captação de clientes por meio de estratégias como a segmentação de mercado.

Sem esse recurso, cabe aos representantes de vendas conhecê-los bem para identificar quais estão interessados nas soluções oferecidas, quais remédios receitam com maior frequência e onde o consumidor realiza a compra. Todas essas informações são difíceis de acompanhar manualmente e têm enorme impacto na performance operacional.

Com soluções de BI, é possível alimentar sistemas que orientam as indústrias na hora de gerir o catálogo de clientes, distribuir recursos para conquistar novos parceiros de negócio e identificar as estratégias que funcionam melhor na venda de um produto.

O principal valor que trazem para as empresas do setor são retornos sobre investimento maiores, que consideram as principais variáveis do mercado e antecipam os resultados de cada iniciativa de vendas.

As soluções de BI também garantem visibilidade para que se entenda melhor os resultados de auditorias, como os relatórios de targeting, segmentação e planejamento de organizações como Close-Up International e IQVIA. Eles trazem clareza para as informações, permitem que padrões sejam identificados nelas e que sejam feitas inferências para que profissionais da indústria farmacêutica consigam fechar mais negócios.

Quando bem utilizadas, as soluções de Business Intelligence oferecem às empresas uma visão em 360º de como médicos, distribuidoras e farmácias se relacionam com o produto que vendem e de quais ações, quando adotadas, impactam a comercialização e o lucro sobre os medicamentos.

Como aplicar o BI no marketing e na inteligência de mercado das indústrias farmacêuticas?

Entre as várias maneiras de aplicar Business Intelligence na indústria farmacêutica, a inteligência de mercado é a que merece maior destaque. Ela é o recurso que dá às companhias mais poder de decisão, pois mostra quando e por que os medicamentos têm maior saída.

Alguns remédios perdem penetração no mercado devido ao fato de que concorrentes mais modernos chegam aos médicos e passam a ser receitados no lugar das medicações defasadas. Outros porque as ações da indústria farmacêutica não são o suficiente para torná-los conhecidos entre os tomadores de decisão (médicos e farmacêuticos).

Para que a empresa consiga contornar isso, apostar em sistemas orientados por dados com o objetivo de entender qual abordagem poderia fazer com que os remédios chegassem ao consumidor final é o que traz melhores resultados.

Falta comunicação com os médicos? Eles estão informados dos benefícios do produto que a marca entrega? Em quais regiões o medicamento tem pouca saída e por quê?

Uma solução de BI entregará as respostas para essas perguntas. Ela indicará como as necessidades do público podem ser exploradas pela indústria farmacêutica e o que as organizações devem fazer para obter melhores retornos — por meio de campanhas em ponto de venda, de anúncios ou do envio de representantes para promover os produtos nas farmácias.

Uma boa solução de BI para a indústria farmacêutica é aquela que:

  • entende bem o mercado em que está inserida;
  • conhece as principais auditorias disponíveis no mercado (MDTR, DDD, PMB, outras);
  • possui tecnologia de ponta para acessar e compilar os dados disponíveis para as empresas;
  • sabe como automatizar e otimizar essas tarefas para que elas tragam resultados.

Cada projeto será diferente do outro e customizado em relação aos objetivos e desafios da empresa que o contratou. O importante é que, além de aumentar a disponibilidade de informações, os sistemas funcionem para oferecer previsibilidade e orientar a tomada de decisões.

Quanto mais experiência tem o fornecedor da solução, melhor ele pode atender à indústria farmacêutica. Com a expertise adquirida em projetos anteriores, é possível encurtar o ciclo de desenvolvimento e colocar uma solução em funcionamento em um período menor que o previsto.

Benefícios das soluções de BI na indústria farmacêutica

A maioria das empresas farmacêuticas já trabalha com soluções de Business Intelligence, entretanto, nem todas obtêm o melhor do produto que utilizam diariamente.

Trata-se de um mercado em constante evolução, e as auditorias mudam frequentemente seus parâmetros e complexidade. É preciso trabalhar de maneira contínua na otimização dos sistemas e dos dados com que se interage diariamente, reduzindo sempre o trabalho manual.

Entre os muitos benefícios que o BI traz para as indústrias farmacêuticas, a abordagem dos profissionais que receitam os medicamentos é a mais impactada.

Conhecendo bem o perfil dos pacientes que eles atendem, quais tipo de receitas fazem normalmente e qual é a eficácia das soluções recomendadas, as empresas farmacêuticas conseguem criar uma abordagem comercial mais eficiente e garantem que seus produtos serão prescritos.

Também conseguem comparar a atuação da empresa e a de seus concorrentes, averiguando quais ações são mais efetivas na conquista de novos mercados. Servem, nesse sentido, para detectar oportunidades e apontar tendências que devem ser observadas para vender mais.

São também um diferencial competitivo para que um negócio sobreviva a auditorias farmacêuticas, apontando os parâmetros de qualidade observados nelas e identificando o que precisa ser feito para que a empresa se adapte.

Gostou de conhecer as aplicações e benefícios de soluções de BI na indústria farmacêutica? Fale agora mesmo com um de nossos consultores e descubra como podemos ajudar você a conquistar todos esses resultados!