Com o aumento da complexidade dos sistemas e uma demanda crescente, o termo fábrica de software tem ganhado proeminência. O objetivo é importar alguns conceitos e técnicas provenientes das grandes indústrias para otimizar os processos e resultados no desenvolvimento de software.

Contratar uma empresa que opera dessa forma pode ajudar a reduzir custos e a alcançar um ROI positivo, com entregas corretas e no prazo esperado. Para saber mais e aprofundar seus conhecimentos sobre o assunto, continue a leitura.

O que é uma fábrica de software?

Esse conceito foi criado nos anos 60 para suprir uma demanda da época: produções que se adaptassem ao cronograma estabelecido, que não gastassem mais do que o esperado e que oferecessem uma garantia de qualidade documentada.

O objetivo era trazer as abordagens de uma grande indústria para o desenvolvimento de software em larga escala, com padronização e automatização de processos, a fim de oferecer expertise a outras corporações e vender não só o produto, mas a metodologia de trabalho também.

Esse tipo de método também é caracterizado por seguir um conjunto bem estabelecido de etapas. Assim, as equipes podem se organizar para definir o orçamento necessário em cada uma e eliminar excessos. Com isso, todos os investimentos feitos pelos clientes são devidamente planejados, gerando economia.

Quais as vantagens e como ela integra o atual cenário da produção de software?

No cenário atual, as fábricas de software são contratadas como terceirizadas por companhias específicas, que não dispõem de mão de obra necessária, expertise e tempo para atividades relacionadas ao desenvolvimento de sistemas.

Dessa forma, essas fábricas adaptam-se às necessidades do cliente e ao que eles precisam para entregar o resultado esperado por demanda.

É importante que a contratante esteja atenta a vários fatores: a adequação da fábrica ao que ele precisa; se pode se adaptar à metodologia específica do cliente; se têm experiência e relevância, entre outros.

A seguir, veremos algumas vantagens desse tipo de estratégia de desenvolvimento de sistemas computacionais para quem decide contratar.

Foco na produtividade

Com a transferência da atividade concernente ao desenvolvimento para uma corporação parceira, o cliente consegue dedicar-se mais ao trabalho de seu segmento, bem como aos objetivos e metas da companhia.

Devido às contribuições da fábrica, a empresa contratante não precisa se preocupar com processos, prazos e com outras etapas da produção — o foco está apenas no resultado final que será entregue.

Precisão e velocidade na entrega

Outras vantagens são o aumento de precisão e a velocidade. Devido à padronização de atividades, cada colaborador da fábrica executa sua função e se especializa naquilo, evitando problemas inesperados, gargalos e falhas que geram erros nos produtos.

Esse processo agrega mais valor aos resultados, o que gera mais consistência para a empresa contratante que vai utilizar o software desenvolvido no cotidiano, e ajuda a resolver problemas em menos tempo.

Reduz custos

Uma fábrica de software também reduz custos para as empresas que pagam por esse modelo de produção. Afinal, com a terceirização da atividade especializada, a organização que recebe o serviço consegue economizar em mão de obra e infraestrutura interna, bem como em custos necessários de manutenções eventuais e no desenvolvimento de soluções importantes para o dia a dia.

Por fim, os benefícios citados geram mais vantagem competitiva para as companhias, já que resultam em produtos melhores, seguros e consistentes. Consequentemente, essa qualidade nos resultados atrai mais consumidores e usuários confiantes e dispostos a tornarem-se fiéis.

Como funciona a padronização de processos em uma fábrica de software?

Processos são atividades inter-relacionadas que geram saídas esperadas ou não. A padronização delas em uma fábrica ocorre por meio da definição de tarefas, produtos e responsáveis e com o uso de moldes para todas as produções, como as etapas que mencionamos no primeiro tópico.

Dessa maneira, a organização estabelece uma espécie de rotina que é seguida, justamente por ser bem documentada e por funcionar bem. Caso precise mudar, ela faz e aplica as mudanças aos desenvolvimentos seguintes.

Garantia de qualidade

A padronização de tudo o que a empresa faz possibilita a garantia de qualidade, com a dedicação da equipe para fases específicas, que tem a finalidade de melhorar a consistência do produto.

Além disso, em muitas situações, os testes são feitos por outra companhia de fora, o que ajuda a atestar a solidez do resultado. Em razão disso, equipes conseguem resultados alinhados aos objetivos de cada cliente.

Por isso, é possível seguir uma metodologia que conduz cada etapa à seguinte e ajuda na otimização da produção.

Quais as diferenças entre os processos ágeis e tradicionais?

Os processos tradicionais, também associados com a chamada metodologia de desenvolvimento em cascata, são caracterizados por uma maior previsibilidade dos requisitos, que ficam claros logo no começo da produção e não são alterados. As fases são sequenciais e geram artefatos para garantir a continuação na etapa seguinte.

Uma das principais objeções é a falta de flexibilidade. Isso deu origem aos processos ágeis, caracterizados por um foco maior na eficiência, requisitos que podem ser alterados e por pequenas entregas feitas ao cliente, com a finalidade de obter feedbacks constantes dele e otimizar o produto em tempo hábil.

O foco é não ter tanto rigor no sequenciamento de atividades e buscar adequar o resultado ao que o cliente deseja. É uma metodologia focada em codificação e em menos etapas que envolvem uma mesma quantidade de trabalho, ao contrário da cascata, que começa com menos esforço e vai aumentando aos poucos.

pesquisa da Pulse evidenciou que as empresas têm aderido à metodologia ágil: 33% delas afirmaram que usam esses princípios frequentemente, enquanto 29% delas, a tradicional. Outra pesquisa, da VersionOne, indicou que 98% das companhias que aplicaram essa técnica obtiveram sucesso nos projetos.

Quais os fatores de sucesso esperado para uma fábrica de software?

Veremos abaixo alguns fatores relevantes:

  • seguir bem os requisitos é fundamental. Como a perfeição é impossível, o ideal é entregar com o mínimo de defeitos possível, ou seja, bem testado e funcionando de acordo como o solicitado;
  • o cuidado com os prazos também é sempre imprescindível, a fim de evitar insatisfação e inconvenientes;
  • custos esperados, de acordo com o que foi definido e planejado inicialmente.

Quais os mitos que você precisa esquecer sobre a fábrica de software?

A seguir, alguns mitos comuns sobre esse tipo de organização e as principais verdades contrárias a eles.

1. Fábricas não têm flexibilidade

Um dos principais mitos propagados sobre as fábricas de software é o fato de que elas não são boas para customizar resultados, pois produzem tudo com o mesmo molde. Mas, na verdade, o que ocorre é o contrário: com as etapas bem definidas e a padronização de atividades, é possível personalizar o produto e adequar a metodologia a cada cliente, pois é bem mais fácil mudar o direcionamento, já que todas as fases são claras.

2. Complexo e não garante ROI

Outro mito é que esses processos são muito complexos, difíceis de acompanhar e que não garantem o retorno esperado. Como vimos neste artigo, as etapas são simples e bem conhecidas pelos envolvidos, e o resultado é garantido com qualidade consistente, de acordo com o que foi informado pelo cliente.

É novamente o contrário: caso a metodologia não for tão explícita como a de uma fábrica, as atividades tendem a ser complicadas demais e podem não garantir retorno.

3. Falta de controle no processo

Os processos de uma fábrica de software são bem definidos e documentados, seguindo padrões funcionais e efetivos. Esse modelo de produção garante um planejamento consistente, com facilidade de monitoramento e controle de prazos e custos por parte da gestão. Por isso, nesses modelos de produção, os recursos não precisam estar alocados para o sucesso do projeto.

Como foi apresentado, empresas que operam sob esse modelo constituem uma solução efetiva para problemas clássicos de desenvolvimento e entrega de produtos. É preciso tomar cuidado na hora de contratar uma companhia que trabalha dessa forma, para garantir que haja compatibilidade entre as metodologias e que os resultados sejam os esperados.

Agora que você já sabe mais sobre os benefícios da fábrica de software, entre em contato com a nossa empresa e confira uma solução eficiente que utiliza esse estilo de operação.